A Estranha Mania do Jogador Uruguaio Luis Suárez
  • Kids

    Uma equipe de especialistas em cuidar da saúde bucal das crianças.

    Saiba Mais
  • Ortodontia Avançada

    Conheça a tecnologia SLU Crystal. A mais alta tecnologia em tratamentos ortodônticos auto-ligados.

    Saiba Mais
  • Estrutura Completa

    Estrutura ampla e completa, com equipamentos novos e de última geração.

    Saiba Mais
  • Melhor Idade

    A Cosmos Clínica possui rampas de fácil acesso, elevadores e profissionais qualificados para atender a 3ª idade

    Saiba Mais
  • Nossa Equipe

    Acesse e conheça nossa equipe.

    Saiba Mais

A Estranha Mania do Jogador Uruguaio Luis Suárez

A mordida que o jogador do Uruguai Luis Suárez deu no ombro do italiano Giorgio Chielline durante uma partida da Copa do Mundo realizada na terça-feira (24) pode ser indício de um transtorno de personalidade, de acordo com o psiquiatra do Hospital Nove de Julho, em São Paulo, Rubens Bergel. Esta foi a terceira vez que o atleta teve esse tipo de comportamento durante uma partida de futebol.

Segundo o especialista, em situações de estresse, como é um jogo de futebol, há pessoas que “têm escapes” ao controle emocional e tomam atitudes agressivas. Tal fato, aliado a outros motivos “biológicos, existenciais e até ambientais”, pode significar um problema psiquiátrico.

— Não existe um transtorno ou distúrbio pelo simples fato de a pessoa morder o outro. Mas o fato de uma pessoa agir dessa forma mais de uma vez pode ser um indício de transtorno de personalidade. O transtorno de personalidade se manifesta sob forma de reações inflexíveis a situações pessoais e sociais de natureza variada. Eles representam desvios extremos ou significativos das percepções, dos pensamentos, das sensações e das relações com os outros. Frequentemente, estão associados ao sofrimento e ao comprometimento de intensidade variável do desempenho social.

Com transtorno borderline, Monique Evans diz: “Sempre me achei horrível”

Após abrir um processo disciplinar contra o atacante uruguaio, a Fifa anunciou no fim desta manhã que o jogador foi suspenso por nove jogos internacionais e será obrigado a ficar quatro meses longe de qualquer atividade relacionada ao futebol.

Em entrevista à BBC, o renomado psicólogo esportivo Tom Fawcett da Universidade de Salford afirmou que o comportamento de Suárez em campo em parte se deve à infância difícil do jogador.

— Os primeiros anos de vida contribuem para a formação da personalidade de uma pessoa. Suárez teve uma infância difícil [quarto filho de sete irmãos de uma família humilde] e teve que lutar para vencer na vida.

De acordo com o psicólogo, ninguém deveria se surpreender com a atitude do atleta no jogo contra a Itália, uma vez que ele já mordeu outros adversários. O especialista afirmou que Suárez necessita mais do que simples sessões de terapia.

— Apesar de qualquer ajuda, ele voltará a cometer esse tipo de ato. É sua forma de ser. Não é algo que vai desaparecer de seu caráter com algumas sessões com um psicólogo. Me arrisco a dizer que, dentro de alguns anos, algo poderia lhe tirar do sério e ele tomará tal atitude novamente.

Be Sociable, Share!

Written by cosmosclinica

No Comments Yet.

Leave a Reply

Message